O seguro patrimonial é um investimento que garante a integridade do patrimônio da empresa. Esta é uma forma de proteger os bens móveis e imóveis das pessoas coletivas. Assim como a vida, as casas ou os carros, os ativos corporativos também podem ser destruídos. O seguro ajuda a reduzir os custos associados a essa perda.

A sua função é de importância estratégica: pode evitar que a situação financeira da empresa seja prejudicada em circunstâncias inesperadas e pode impedir que a empresa suspenda as operações após a ocorrência de um sinistro. Portanto, é importante que as empresas passem a considerar tais recursos e obtenham coberturas flexíveis e eficazes, pois eles podem ser estabelecidos de acordo com as necessidades do negócio e aumentar a proteção de seus ativos.

Quais são as coberturas possíveis?

Como todos os tipos de seguro, o seguro básico cobre as principais garantias que as seguradoras precisam fornecer aos contratantes. Porém, por meio da Susep, as seguradoras podem cobrir outros riscos que o seguro básico não pode garantir, e esses riscos são diferentes dos das apólices de seguro padrão.

Este tipo de seguro cobre todas as reivindicações que possam afetar bens móveis e imóveis, incluindo:

  • incêndio;
  • raios;
  • explosões;
  • alagamento e inundação;
  • vendaval e outros desastres naturais;
  • quebra de vidros e de anúncios luminosos;
  • roubo ou furto de valores e de bens.

Em outras coberturas, você pode escolher:

  • danos elétricos;
  • despesas fixas;
  • responsabilidade civil;
  • impacto de veículos;
  • equipamentos eletrônicos;
  • lucros cessantes;
  • pagamento de aluguel;
  • recomposição de registros e documentos, entre outros.